Horários de Missas

Segunda-feira à Sexta-feira: 7h30, 12h10 e 18h

Sábados: 9h30, 12h e 16h  

Domingos: 9h30, 11h, 12h30, 18h30

 

Confira as principais notícias no Brasil e em Roma

NO BRASIL:

Falecimentos:

Cardeal Dom Paulo Arns, muito querido arcebispo emérito de São Paulo, em 14 de dezembro após ter celebrado 50 anos de episcopado.

Cláudio Pastro, em 19 de outubro, grande artista especializado em arte sacra, cujas obras estão presentes no Santuário Nacional de Aparecida e em muitas igrejas, e também na nossa paróquia no lindo Portal de Nossa Senhora.

Nomeações:

– Arcebispo de Sorocaba: Dom Júlio Akamine, até agora bispo auxiliar e vigário-geral da Arquidiocese de São Paulo.

– Arcebispo de Aparecida: Dom Orlando Brandes, arcebispo de Londrina, sucedendo ao Cardeal Dom Raymundo Damasceno.

Campanha da Fraternidade 2017: Seu tema é “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e seu lema: “Cultivar e guardar a Criação” (Gn 2,15).

Arquidiocese:

– “Viva a mãe de Deus e nossa”: Carta Pastoral de Dom Odilo abrindo o Ano Mariano Nacional pelos 700 anos da descoberta da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

– Projeto Vida Nova, reforma de um edifício da Praça da Sé (Ed. Nazareth) para acolher, recuperar e encaminhar moradores de rua drogados.

– Incardinação na arquidiocese, do Pe. João Inácio Mildner, Capelão do Hospital Emilio Ribas, e celebrante, há anos, da missa das 11h da nossa paróquia.

 

EM ROMA:

A Teoria do Gênero foi condenada pelo Papa, que a qualificou como “a grande inimiga do casamento… parte da guerra mundial para destrui-lo”.

Ecumenismo: – Celebrando em Roma os 50 anos do restabelecimento por Paulo VI e o Arcebispo Ramsey das relações entre anglicanos e católicos, o Papa Francisco e o Arcebispo anglicano Welby de Canterbury assinaram um Documento Conjunto no qual declaram que: “Tornamo-nos amigos e companheiros de viagem… o mundo deve nos ver testemunhar essa fé comum em Jesus Cristo”.

Por ocasião dos 500 anos da Reforma protestante, o Papa esteve em 31/10 em Lund (Suécia), local da Conferência Episcopal dos países do Norte, onde, pela primeira vez, católicos e luteranos comemoraram juntos a nível mundial o 5°centenário da Reforma, quando Lutero, segundo o Papa Francisco, não quis dividir a Igreja, mas reformá-la. Foi então assinado o documento conjunto “Do conflito à comunhão”.

Novo Sínodo dos bispos: convocado pelo Papa para outubro 2018, em Roma, sobre o tema “A Juventude, a Fé e o Discernimento Vocacional”.

Novo Preposto-Geral dos Jesuítas: Pe. Arturo Sosa Abascal, eleito pela 36ª Congregação Geral da Cia. de Jesus, substituindo o Pe. Adolfo Nicolás, demissionário.

17 Novos cardeais criados no consistório de 19/11, entre os quais Dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília e, fato raro, o Pe. Ernesto Simoni, de 88 anos, que, encarcerado pelo regime comunista da Albânia por 18 anos e condenado a trabalhos forçados a perpetuidade, continuou exercendo clandestinamente o seu ministério.

Canonizações: Várias, entre os quais Elizabeth da Trindade, carmelita contemporânea de Sta. Teresinha, “de altíssima espiritualidade baseada no silêncio, na devoção à Trindade e à Virgem Maria e no “Louvor à Glória” na adoração e contemplação”. (Cf. “La Croix, 14/10/16)

Documentos:

“Amoris Laetitia”: Exortação apostólica do Papa Francisco, sobre a família, magnificamente escrita, deve ser lida com cuidado e atenção por todos.

“Ad resurgendum cum Christo”: A Congregação da Doutrina da Fé recomenda o sepultamento, porém autoriza a cremação desde que em lugar sagrado indicado pela Igreja, não podendo as cinzas ficar em casa ou dispersas na natureza.

“Misericordia et misera”: Carta apostólica encerrando o Jubileu da Misericórdia.

“Ratio fundamentalis institutionis sacerdotalis”, para a formação de sacerdotes.

Gerard Duchêne

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.