Horários de Missas

Segunda-feira à Sexta-feira: 7h30, 12h10 e 18h

Sábados: 9h30, 12h e 16h  

Domingos: 9h30, 11h, 12h30, 18h30

 

Notícias › 13/10/2017

Encerramento de centenário de Fátima enfatiza paz mundial; mensagem papal

A missa de encerramento das celebrações do Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima, foi marcada por um pedido de paz mundial. A celebração foi presidida na manhã desta sexta-feira, 13, pelo bispo da Diocese de Leiria-Fátima, Dom Antônio Marto.

Diante da iminente ameaça de uma guerra nuclear, Dom Antônio Marto falou da mensagem profética de esperança de Fátima. “A paz é um tema central da mensagem. Ao pedir para se rezar o terço pela paz todos os dias, Nossa Senhora quer desencadear, através da oração, uma mobilização geral do povo católico que leve ao compromisso ativo pela paz no mundo”, afirmou o bispo ao renovar o apelo deixado pelo Papa Paulo VI em 1967.

“Nesta época em que estamos a viver uma certa indiferença religiosa, uma espécie de eclipse, ocultamento cultural de Deus, Maria convida-nos hoje a descobrir o gosto e o encanto de Deus e da sua beleza, a proclamar como Deus é grande”, afirmou o bispo. Nesta perspectiva, Dom Marto convidou todos ao desafio de tornar Deus presente na humanidade, como futuro de Fátima e da fé cristã.

As várias mensagens deixadas em Fátima pelos Papas que visitaram o Santuário, foram citadas por Dom Marto para reforçar o poder da misericórdia de Deus, diante da força do mal. “O Papa Francisco repetiu aqui duas vezes: ‘Temos Mãe’! Eu permito-me acrescentar: sim, temos mãe de ternura e de misericórdia, solícita e defensora dos pobres, dos que sofrem, dos humildes e humilhados, dos oprimidos, dos sós, dos abandonados e descartados pela cultura da indiferença, de quem diz: que me importa o outro? Cada um que se arranje”, concluiu.

A celebração também foi marcada pela emoção e recordação dos milhares de peregrinos que visitaram, ao longo destes cem anos, a Cova da Iria, centro de Fátima onde fica o santuário. Foram saudados também os peregrinos de 45 países estrangeiros, além dos milhares de portugueses, que participaram das celebrações conclusivas do Centenário das Aparições. Na tradicional mensagem aos doentes, Dom Marto mostrou-se comovido pelo sofrimento das pessoas que têm ido a Fátima, agradecer com testemunhos de fé.

As celebrações de 13 de outubro começaram durante a madrugada, num cenário marcado pelo nevoeiro, tendo como tema ‘Maria, Estrela da Evangelização’. O Santuário de Fátima informou que o total de grupos de peregrinos estrangeiros entre maio e outubro de 2017 foi de 4986, um aumento de 285% face ao período homólogo em 2016 (1745 grupos); o número dos grupos portugueses foi de 1191 (1092 em 2016).

Mensagem do Papa

Em uma videomensagem enviada nesta sexta-feira, 13, o Papa Francisco falou sobre o fim do Centenário das Aparições de Fátima. “Deixo-vos um conselho: nunca deixeis o Rosário, nunca deixeis o Rosário, rezai o Rosário como Ela pediu”, disse o Pontífice.

A mensagem foi transmitida aos peregrinos reunidos na Cova da Iria, que fica próxima à cidade de Fátima. “Nunca vos afasteis da mãe: como um menino está ao lado da sua mãe e se sente seguro, assim, junto da Virgem, nos sentimos muito seguros, ela é a nossa garantia”, pediu o Papa.

Em sua conta oficial no Twitter, Francisco também falou a respeito do encerramento do Centenário da última aparição de Maria em Portugal. “No Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima, agradecemos a Deus pelas inúmeras bênçãos concedidas sob sua proteção”, tuitou o líder da Igreja Católica.

O bispo de Leiria-Fátima, Dom António Marto, explicou que a mensagem do Papa foi gravada durante uma audiência privada concedida aos responsáveis da diocese portuguesa. “Hoje, estamos aqui a viver um momento histórico e único, para Fátima, para a Igreja, para Portugal e para todos os peregrinos de Fátima, o encerramento solene do Centenário das Aparições”, acrescentou.

O bispo português ainda agradeceu aos peregrinos por manterem a mensagem de Fátima viva. “Fátima é sempre nova, não envelhece”, declarou Dom António.

Em maio deste ano, Papa Francisco visitou Portugal e canonizou os pastorinhos Francisco e Jacinta Marto, dois dos três videntes de Fátima. O Santo Padre visitou a Cova da Iria e percorreu a pé um trecho do percurso até a Capelinha das Aparições, antes de recitar o Rosário.

Assista à mensagem do Papa em vídeo aqui.

Por Canção Nova, com Agência Ecclesia

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.