Horários de Missas

Segunda-feira à Sexta-feira: 7h30, 12h10 e 18h

Sábados: 9h30, 12h e 16h  

Domingos: 9h30, 11h, 12h30, 18h30

 

Notícias › 08/09/2016

Fórum global: Papa falará a líderes da economia mundial

O Vaticano receberá nos dias 2 e 3 de dezembro o Fórum Global 2016 – “The 21st Century Challenge: Forging a New Social Compact” (Desafio do século 21: Forjando um novo pacto social). A iniciativa é promovida pela revista estadunidense ‘Time’, que elegeu Francisco como “homem do ano” em 2013.

Inspirados pelo convite do Papa Francisco à “nobre vocação” que ajude a criar uma economia mais inclusiva e humana, os responsáveis pela economia mundial refletirão sobre melhores condições de trabalho e desenvolvimento e como criar formas duradouras para erradicar a pobreza e o problema dos refugiados.

Participação de grandes nomes

Em um comunicado publicado no dia 06 de setembro, Joe Ripp, presidente e administrador da revista Time fala que o evento inédito contará com a presença de diretores-gerais das 500 empresas mais bem-sucedidas da atualidade, as 100 pessoas mais influentes do mundo, segundo a revista ‘Fortune’ e vários líderes econômicos, acadêmicos e religiosos.

Programação

Os participantes do evento discutirão tecnologia, saúde global, recursos alimentares e hídricos, energia e meio ambiente e inclusão financeira. Cada um destes temas representa um elemento crítico para a erradicação da pobreza e requer uma atenção urgente.

O primeiro dia do encontro será destinando a reuniões de grupos de trabalho sobre as temáticas. No segundo dia, os grupos deverão apresentar soluções e em seguida, terão uma audiência especial com o Papa Francisco.

O Papa Francisco é destacado pela Time Inc. como uma figura que “tem abordado com regularidade” estas questões, “apontado para a crescente desigualdade” e “criticado a ditadura de uma economia impessoal e desprovida de um objetivo verdadeiramente humano”.

A ‘Time’ recorda um discurso que o Papa argentino fez na Bolívia, no último ano, em que frisou que “trabalhar pela distribuição justa dos bens da terra e do trabalho humano não é mera filantropia” mas sim “uma obrigação moral”.

Por Rádio Vaticano

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.