Horários de Missas

Segunda-feira à Sexta-feira: 7h30, 12h10 e 18h

Sábados: 9h30, 12h e 16h  

Domingos: 9h30, 11h, 12h30, 18h30

 

Notícias › 03/01/2017

ONU: Mais de 5 milhões de pessoas na Síria não tem acesso à água

O Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, alertou que pelo menos 5,5 milhões de pessoas em Damasco, na Síria, não têm acesso à água desde 22 de dezembro do ano passado.

Segundo a agência da ONU, o motivo são os combates na região de Wadi Barada, onde está localizado o reservatório que abastece a capital do país.

Doenças

O Ocha teme que o problema aumente os casos de doenças transmitidas pela água, já que ela está sendo reutilizada várias vezes. As crianças são as que correm mais risco.

A ONU informou que as autoridades locais colocaram em ação um plano de emergência para atender a demanda mínima da população de Damasco. Caminhões pipa estão sendo usados para distribuir água em escolas, hospitais, padarias e em alguns bairros.

Fonte de água

Como parte do programa de resposta de água, saneamento e higiene do Ocha na Síria, a agência tem construído e reparado vários poços artesianos na região da capital.

O objetivo é suprir um terço das necessidades diárias de água da população. Há quase duas semanas, esses poços têm sido a única fonte de água para toda a cidade de Damasco.

O Ocha também está fornecendo combustível e geradores para aumentar a capacidade de retirada de água, está financiando reparos em infraestrutura e o envio de caminhões pipa para abastecer 50 escolas e algumas áreas rurais da capital.

Por Canção Nova, com Rádio ONU

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.