Horários de Missas

Segunda-feira à Sexta-feira: 7h30, 12h10 e 18h

Sábados: 9h30, 12h e 16h  

Domingos: 9h30, 11h, 12h30, 18h30

 

Notícias › 05/12/2016

Papa Francisco: para encontrar Deus devemos rejeitar o egoísmo

O Papa Francisco presidiu hoje a oração do Ângelus e comentou as leituras da liturgia do dia. Desta vez, revelou o que é necessário fazer para alcançar o reino dos céus e encontrar-se com Deus.

O Papa recordou que hoje celebramos o segundo domingo do Advento e explicou que “é um anúncio alegre: O Reino de Deus, disse Jesus, está no meio de vocês!”. “Esta é a mensagem central de toda a missão cristã”, acrescentou.

Francisco perguntou: “O que é este reino dos céus?”. “Certamente, o reino de Deus se estenderá indefinidamente para além da vida terrena, mas a boa notícia que Jesus nos traz – e que João antecipa – é que o reino de Deus não deveu esperar por ele no futuro: se aproximou, e de alguma forma, já está presente e podemos experimentá-lo agora o poder espiritual”.

“Deus vem estabelecer o seu domínio na nossa história, na nossa vida quotidiana; e lá onde é acolhido com fé e humildade brotam o amor, a alegria e a paz”.

O Santo Padre também explicou que “a condição para fazer parte do reino é realizar uma mudança na nossa vida, isto é converter-se, dando um passo a cada dia: trata-se de deixar os caminhos, convenientes, mas enganosos, dos ídolos deste mundo: o sucesso a todo custo, o poder à custa dos mais fracos, a sede de riqueza, o prazer a qualquer preço” e “abrir o caminho ao Senhor que vem. Ele não tira a nossa liberdade, mas nos dá a verdadeira felicidade”.

“Com o nascimento de Jesus em Belém, é o próprio Deus que faz morada no meio de nós para libertar-nos do egoísmo, do pecado e da corrupção”.

Francisco disse que o Natal “é um dia de grande alegria, também exterior, mas é principalmente um evento religioso, por isso é necessária uma preparação espiritual”. Assim, pediu para confessar “os nossos pecados no sacramento da Penitência”, pois “neste sacramento experimentamos em nossos corações a proximidade do reino de Deus e a sua salvação”.

“A salvação de Deus é obra de um amor maior, maior do que nosso pecado; somente o amor de Deus pode cancelar o pecado e livrar do mal, e somente o amor de Deus pode guiar-nos no caminho do bem”.

Por ACI Digital

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.