Horários de Missas

Segunda-feira à Sexta-feira: 7h30, 12h10 e 18h

Sábados: 9h30, 12h e 16h  

Domingos: 9h30, 11h, 12h30, 18h30

 

Destaques › 15/05/2020

Ideias simples para rezar os salmos com seus filhos

 

É importante fazer com que as crianças descubram os salmos porque permitem-lhes seguir o caminho que o próprio Deus traçou. Mas a letra deles pode ser difícil para os pequenos. Recomendações para os iniciar suavemente aos salmos

Orações de Davi, mas também orações de Jesus, orações de Maria, orações dos apóstolos e dos primeiros cristãos durante milênios, a riqueza espiritual dos Salmos alimenta a oração do crente. São 150 deles, divididos em cinco livros.

Como todos os textos contidos na Bíblia, eles foram inspirados pelo Espírito Santo. Os Salmos, particularmente ricos, são adaptados aos homens de todas as condições e de todos os tempos.

As imagens utilizadas mostram claramente que a oração não é uma coisa insípida ou desincorporada. A linguagem dos salmos diz que não se reza apesar do corpo, mas com o corpo: respiração, língua, braços, olhos, mãos, ouvidos, vísceras, etc.

Os salmos são a oração oficial da Igreja. O Ofício Divino, que todas as pessoas consagradas rezam ao longo do dia, é composto principalmente de salmos.

Se os consagrados têm a missão de rezar desta maneira a cada dia, a Liturgia das Horas não lhes é nada reservada e cada vez mais leigos se unem a esta grande oração da Igreja.

Muitas famílias se inspiram nela para rezar juntas, em particular usando as orações da manhã e da noite apresentadas na revista mensal “Magnificat”. Mas como podemos usar os salmos para rezar com as crianças?

Consulte a liturgia, escolha um salmo específico, cante… 

Diversos critérios são possíveis, dependendo das circunstâncias, para rezar os salmos com as crianças. Pode-se referir à liturgia, tomando o salmo da Missa do dia ou um dos salmos da Liturgia das Horas: então pode explicar às crianças que este salmo é rezado, no mesmo dia, por milhões de homens e mulheres em todo o mundo.

Outra possibilidade é a de escolher um salmo de acordo com um tema específico. Por exemplo, o salmo 50 para o perdão ou o salmo 100 para o agradecimento. O salmo pode ser lido em grupos de dois ou quatro versos, intercalados com uma antífona. Também pode ser lido em dois coros ou, melhor ainda, cantado (lembre-se que os salmos eram originalmente orações cantadas).

Mesmo que os salmos possam às vezes parecer difíceis, surpreendentes, até repulsivos, seria uma pena se desanimar e ignorar este tesouro. Aqueles que não se sentem muito à vontade na prática dos salmos e que se sentem um pouco impressionados com seu número, podem memorizar apenas cinco ou seis entre os diferentes temas e repeti-los regularmente.

Muito prontamente eles vão se familiarizar com a oração e a memória. Será então possível aprender alguns outros. Quanto mais frequentamos os salmos, mais eles vêm habitar a nossa memória e o nosso coração para nos ajudar a rezar sempre e em qualquer lugar. Não privemos as crianças deste tesouro!

Christine Ponsard

Por ALETEIA 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.